Golpe da multa de trânsito


Não pague multa sem fazer recurso e sem antes fazer uma consulta junto ao DETRAN do seu Estado.

Após tomarmos conhecimento de uma série de fatos que estão ocorrendo em diversas cidades brasileiras, em especial as que já possuem o sistema popularmente conhecido como “dedo duro”, ou seja aquele radar fotográfico que identifica através de imagem fotográfica o veículo que avança o sinal, semáforo e ou sinaleiro dependendo da região onde o mesmo está instalado, chegamos à conclusão de que é nossa obrigação informar os cuidados que devem ser tomados pelos condutores e proprietários de veículos.

1 Confirmar se no endereço onde a infração teoricamente teria ocorrido, de fato tem o equipamento instalado;

2 Constatar se o equipamento que teria flagrado a infração esta em funcionamento;

3- Acessar o DETRAN do seu estado através de consulta on line e verificar se a infração encontra-se lançada no sistema;

4 Procurar um despachante de sua confiança e pedir uma consulta referente a débitos do veículo..

Tudo isso para lhes deixar ciente de que um grupo de criminosos, em comum acordo com despachantes mal intencionados, tem tirado foto de veículo e elaborado autos de infração, e com a ajuda dos agentes do DETRAN, conseguido dados suficientes para enviar a suposta multa ao proprietário do veículo, que com a melhor das intenções faz o pagamento através do boleto em caixa eletrônico e esse dinheiro vai diretamente para a conta dos criminosos.


Nenhum comentário



Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Quem Somos

Somos um grupo, preocupados com a disseminação das melhores informações que possam vir a contribuir no seu cotidiano, bem como auxiliar na resolução de dúvidas e ou problemas que possam surgir em assuntos diversos, e ainda suprir a ânsia pelo conhecimento!

Leia Mais