Insuficiência Renal em Animais domésticos


Mais comum do que muitos detentores da posse responsável imaginam, as doenças crônicas do rim, podem afetar o seu animalzinho, por diversos motivos e causas, por conta disso, estaremos iniciando nossa matéria com uma relação de possíveis causas:

  • Senilidade (idade avançada)
  • Infecções virais, fúngicas ou bacterianas
  • parasitas
  • Neoplasias (câncer)
  • Amiloidose (causada por depósitos anormais de um certo tipo de proteína no rim )
  • inflamação
  • doenças auto-imunes
  • trauma
  • Reação tóxica de venenos ou medicamentos
  • Doenças congênitas e hereditárias

Durante a vida, o seu animalzinho pode dar sinais que está passando por um problema renal, entre os sinais mais comuns estão:

  • Consumo de água aumenta e a frequência urinária também (urina)
  • O consumo de água aumentou ( polidipsia )
  • Aumento do volume de urina (poliúria)
  • Diminuição da micção ( oligúria )
  • Falta de urinar ( anúria )
  • Anulação de urina durante a noite ( noctúria )
  • Sangue na urina ( hematúria )
  • Diminuição do apetite ( anorexia)
  • Vômitos
  • A perda de peso
  • Letargia
  • Diarreia
  • Fixa sobre uma postura ou relutância em se movimentar
  • Pelagem pobre (sem brilho e ressecada).

Durante o exame clínico, o Médico Veterinário, pode encontrar outros sinais que indiquem um possível problema renal, como:

  • Palidez das membranas mucosas (por exemplo, gengivas, cavidade ocular) a partir de uma diminuição na produção de células vermelhas do sangue, resultando em anemia
  • Veterinário verificando gato para alargada, dolorosa e irregular  e / ou rins dolorosos ou pequenos, rins irregulares
  • Úlceras na boca, mais comumente na língua, gengiva ou no interior da bochecha
  • Mau hálito ( halitose ), devido a substâncias tóxicas acumuladas na corrente sanguínea
  • Desidratação
  • Inchaço das pernas devido à acumulação de líquidos (edema subcutâneo )
  • Aumento do abdômen devido à acumulação de líquidos ( ascite)
  • Pressão alta
  • Alterações na retina devido à pressão arterial elevada
  • Amolecimento dos ossos da mandíbula ( borracha) em cães jovens com doença renal hereditária (osteodistrofia fibrosa ).

Quais os exames clínicos, laboratoriais e complementares podem ajudar na conclusão diagnóstica:

Clínicos – anamnese bem detalhada;

Laboratoriais – Função Renal, Ureia e Creatinina, Hemograma;

Complementares: Raio X (urografia), Ultrassom, Tomografia, Ressonância.

Observação

Não achamos que o nosso animal está com insuficiência renal, quando colocamos aqui alguns sinais que podem indicar o problema, o fazemos para que você responsável pelo bem estar do seu animal, ao verificar algum dos casos, procure o mais rápido possível o seu Médico Veterinário de Confiança.

Ele é o profissional mais indicado, capacitado e competente para concluir e fechar o diagnóstico, a auto medicação diminui a chance de sobre vida do animal.

De preferência disponibilize água fresca e renovada ao menos duas vezes por dia para o seu Cão e para o seu Gato, procure disponibilizar uma fonte de Pedra ou Cerâmica, para que ele tenha água em movimento, afinal é por esse motivo que ele adora beber água na torneira aberta.

Fonte:http://www.petescadas.com.br/

 


Nenhum comentário



Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Quem Somos

Somos um grupo, preocupados com a disseminação das melhores informações que possam vir a contribuir no seu cotidiano, bem como auxiliar na resolução de dúvidas e ou problemas que possam surgir em assuntos diversos, e ainda suprir a ânsia pelo conhecimento!

Leia Mais